História 7º ano | Das sociedades recoletoras às primeiras sociedades produtoras

 

DAS SOCIEDADES RECOLETORAS ÀS PRIMEIRAS SOCIEDADES PRODUTORAS

 

 

 

PROCESSO DE HOMINIZAÇÃO

 

 

Hominização

A hominização foi o longo processo de evolução física e inteletual do Homem.

Principais mudanças:

  • bipedia
  • verticalidade
  • libertação das mãos
  • o corpo foi perdendo pelo
  • diminuição do tamanho dos maxilares
  • aumento do crânio e do cérebro
  • aumento da inteligência
  • desenvolvimento da linguagem

 

Australopitecus (há cerca de 2,5 milhões de anos)

  • Viveu em África
  • primeiro primata semelhante ao Homem (hominideo)
  • deslocava-se principalmente sobre as duas pernas, embora por vezes recorresse à ajuda das mãos
  • tinha um cérebro ainda pequeno

 

Homo Habilis (há cerca de 2 milhões de anos)

  • primeiro homem
  • deslocava-se apenas sobre os pés
  • tinha um cérebro mais desenvolvido que o Australopitecus
  • primeiro a fabricar instrumentos: seixos talhados, de pedra, talhados só numa das faces

 

Homo Erectus (há cerca de 1,5 milhões de anos)

  • passou da África para a Ásia e para a Europa
  • tinha um cérebro mais desenvolvido que o Homo habilis
  • fabricou instrumentos mais aperfeiçoados: bifaces
  • primeiro a produzir fogo, que serviu para se aquecer, defender-se de animais ferozes, iluminar as grutas e cozinhar alimentos
  • desenvolveu uma linguagem articulada

 

Homo Sapiens (há cerca de 200 mil anos)

  • tinha um cérebro semelhante ao nosso
  • fabricou instrumentos mais aperfeiçoados em pedra, osso, chifre e marfim: ponta de lança, arcos, flechas, arpões, anzóis, agulhas e lâminas
  • primeiro a enterrar os mortos

 

Homo Sapiens Sapiens (há cerca de 35 mil anos)

  • tinha um aspeto semelhante ao nosso
  • primeiro a desenvolver manifestações artísticas

 

 

 

AS SOCIEDADES RECOLETORAS

 

 

O Paleolítico

O Paleolítico refere-se ao período da Pré-História em que surgiram os primeiros hominídeos.

A arqueologia é a ciência que estuda as culturas e os modos de vida do passado a partir de vestígios materiais. Esta ciência contribuiu para o estudo do Paleolítico e dos antepassados do Homem.

 

 

Vida recoletora e nomadismo

Durante o Paleolítico o Homem vivia da recoleção, ou seja, daquilo que recolhia da Natureza. Apanhava frutos, raízes, ovos, mel, pescava e caçava.

Como não produzia nada, os alimentos que existiam num certo local acabavam. Assim, era obrigado a deslocar-se constantemente à procura de alimentos. Era, por isso, nómada.

 

 

Alargamento das áreas habitadas

Os nossos antepassados surgiram em África e espalharam-se por todos os continentes, sobretudo porque:

  • estavam constantemente a deslocar-se
  • verificou-se um aumento da população, devido à melhoria da alimentação

 

 

Ritos

 

Ritos mágicos

Para controlar a Natureza o Homo Sapiens recorria a ritos mágicos como danças, cânticos, gestos e sacrifícios de animais.

 

Ritos funerários

O Homo Sapiens foi o primeiro a enterrar os seus mortos. O corpo era pintado e colocado em posição fetal juntamente com alimentos e objetos pessoais.

 

 

Arte do Paleolítico

O Homo Sapiens Sapiens foi o primeiro a ter manifestações artísticas.

 

Arte móvel

Pequenas estatuetas de figuras femininas em pedra e osso (chamavam-se Vénus) que tinham como propósito o culto à fertilidade.

 

Arte rupestre (ou parietal)

Pinturas e gravuras em rochas ao ar livre e nos tetos e paredes de grutas. representavam animais, figuras geométricas, mãos e, por vezes, figuras humanas. Muitas destas pinturas serviam como forma de ritual para facilitar a caça.

 

 

 

AS PRIMEIRAS SOCIEDADES PRODUTORAS

 

 

Neolítico

O Neolítico refere-se ao último período da Pré-História quando o Homem começa a produzir os seus alimentos e a utilizar instrumentos de pedra polida.

 

 

Novas atividades

O Homem do Neolítico aprendeu a cultivar e, por outro lado, começou a domesticar animais. Nasceram assim duas atividades: a agricultura e a pecuária.

 

Agricultura

Primeiros produtos a serem cultivados:

  • trigo
  • cevada
  • arroz
  • feijão

 

Pecuária

Primeiros animais a serem domesticados:

  • cão
  • cabra
  • porco
  • boi

 

 

Novos instrumentos e técnicas

Para cultivar as terras e delas tirar partido surgiram novos instrumentos e técnicas.

 

Novos instrumentos:

  • foicinha
  • faca
  • arado
  • enchada

 

Novas técnicas:

  • cestaria
  • cerâmica
  • moagem
  • tecelagem

Surgiu neste período também a roda e a vela.

 

 

Economia produtora e sedentarização

Ao produzir os seus alimentos, o Homem deixou de estar dependente do que a Natureza lhe dava. Deixou de ser recoletor e tornou-se produtor.

Ao tornar-se produtor, o Homem precisou de estar junto das suas terras e rebanhos e por isso passou a viver permanentemente num mesmo local, ou seja, deixou de ser nómada e tornou-se sedentário.

Esta mudança de vida deu-se na zona chamada Crescente Fértil, entre o Egipto e a Mesopotâmia.

 

 

Primeiros aldeamentos

Para se abrigar, o Homem do Neolítico construiu casas de pedra, madeira, barro e cobertas com colmo, juntas umas das outras para se proteger melhor e defender os seus bens, surgindo assim as primeiras aldeias. Algumas encontravam-se protegidas por fossos e muralhas.

 

 

Divisão do trabalho e diferenciação social

Através da melhoria da alimentação, verificou-se um aumento da população. A  produção aumentou e evidenciou-se a divisão do trabalho, ou seja, a população começou a ter funções mais específicas: havia agricultores, pastores, artesãos, sacerdotes, etc…

Passou a haver também uma diferenciação social com base na riqueza e no poder.

 

 

Culto agrário

O Homem do Neolítico passou a fazer culto às forças da Natureza (sol, terra, água e vento), pois estavam ligadas à agricultura. A mulher era relacionada com a terra, pois ambas permitiam a continuidade da vida, e era adorada com estatuetas femininas chamadas deusa-mãe, a principal divindade neste período.

 

 

Monumentos megalíticos

Os megálitos são grandes construções de pedra com várias funções:

  • menires: pedras isoladas verticalmente no solo, serviam para fazer culto à Natureza
  • alinhamentos: conjunto de menires em linha, também serviam para fazer culto à Natureza
  • cromeleques: conjunto de menires em círculo, era um local de culto e reunião
  • dólmenes ou antas: pedras ao alto cobertas com uma horizontal (laje) onde enterravam os mortos

 


 

Revê aqui a matéria/resumo de matemática/síntese de História:

Em breve

 


 

EXERCÍCIOS

Teste   |   enunciado

 


 

O que tens de saber neste capítulo, segundo o programa e metas curriculares de História – 7º ano:

 

DOMÍNIO: DAS SOCIEDADES RECOLETORAS ÀS PRIMEIRAS CIVILIZAÇÕES

SUBDOMÍNIO: DAS SOCIEDADES RECOLETORAS ÀS PRIMEIRAS SOCIEDADES PRODUTORAS

 

  • Conhecer o processo de hominização
  1. Localizar as regiões do mundo onde foram encontrados os primeiros vestígios dos processos de diferenciação da espécie humana, sublinhando a origem africana da Humanidade.
  2. Reconhecer a proximidade do aparecimento do Homem no planeta quando comparado com a história da Terra.
  3. Identificar as principais fases de evolução desde o Australopithecus ao Sapiens Sapiens, realçando a lentidão do processo.
  4. Conhecer a importância da arqueologia para o estudo das primeiras comunidades humanas.
  5. Explicitar o conceito de “documento histórico”.
  6. Definir “Pré-História”.
  7. Reconhecer o fabrico de instrumentos, o domínio do fogo e linguagem verbal como conquistas fundamentais no processo de hominização.

 

  • Conhecer e compreender as características das sociedades do Paleolítico
  1. Relacionar as profundas alterações climáticas com a distribuição geográfica dos primeiros grupos humanos.
  2. Relacionar a recoleção com o nomadismo.
  3. Relacionar metodologias de caça de animais de grande porte com a complexificação das interações humanas e com o crescimento da população.
  4. Identificar os instrumentos fabricados pelo Homem, as respetivas funções e as implicações em termos de divisão técnica e sexual do trabalho.
  5. Definir “Paleolítico”.
  6. Descrever o modo de vida das primeiras sociedades humanas.

 

  • Compreender as vivências religiosas e as manifestações artísticas do Homem do Paleolítico
  1. Reconhecer a existência no paleolítico de crenças mágicas e religiosas e ritos funerários.
  2. Indicar possíveis explicações para a religião e arte do paleolítico.
  3. Distinguir arte móvel de arte rupestre, referindo exemplos hoje situados nos territórios de alguns países europeus (com destaque para Portugal).

 

  • Compreender e comparar as sociedades produtoras com as sociedades recoletoras
  1. Definir “Neolítico”
  2. Salientar a importância das regiões temperadas para o surgimento da economia de produção (agricultura de sequeiro e domesticação de animais).
  3. Relacionar a economia de produção com a sedentarização (Revolução Neolítica).
  4. Relacionar a Revolução Neolítica com o aumento da população, com a acumulação de riqueza, com o surgimento da propriedade privada e com a diferenciação social.
  5. Integrar as novas atividades artesanais nas necessidades da economia de produção e das sociedades sedentárias.
  6. Comparar os modos de vida do paleolítico e do neolítico.

 

  • Conhecer e compreender os cultos e a arte dos homens do neolítico
  1. Identificar o surgimento de objetos e construções associados aos cultos agrários.
  2. Descrever os monumentos megalíticos, associando-os quer a rituais funerários com diferenciação social, quer aos cultos agrários.
  3. Justificar a mudança nas temáticas da pintura rupestre do neolítico, por oposição às representações do período paleolítico.
  4. Exemplificar fenómenos do megalitismo na Península Ibérica.

 


 

|   Voltar à lista dos conteúdos do 7º ano – História   |

 

You may also like...