História 7º ano | O mundo romano no apogeu do Império – Império Romano

 

RESUMOS E EXERCÍCIOS   »   7º ANO   »   HISTÓRIA   »   O MUNDO ROMANO NO APOGEU DO IMPÉRIO


HISTÓRIA | 7º ANO


O MUNDO ROMANO NO APOGEU DO IMPÉRIO


RESUMO
POWERPOINTS
VÍDEOS
AULAS E FICHAS #ESTUDOEMCASA
EXERCÍCIOS
APRENDIZAGENS ESSENCIAIS


RESUMO

HISTÓRIA 7º ANO | A HERANÇA DO MEDITERRÂNEO ANTIGO

O MUNDO ROMANO NO APOGEU DO IMPÉRIO

 

 

O Império Romano

 

  Fundação de Roma

¬ A cidade de Roma situa-se na Península Itálica e foi fundada em meados do século VIII a. C..

 

  Expansão de Roma

¬ Inicialmente, era um pobre povoado de pastores e camponeses, mas, entre os séculos IV a. C. e II d. C., impôs o seu domínio em toda a península.
¬ Mais tarde, após vitória sobre os Cartagineses, dominou a todo o Mediterrâneo e algumas regiões da Europa formando um grande império.

 

  • ι Mare Nostrum:
    • os Romanos chamavam ao Mar Mediterrâneo de “Mare Nostrum” (Mar Nosso) pois tinham conquistado todos os territórios à sua volta.

 

»  Motivos da expansão romana

  • ι Segurança:
    • ao princípio, os Romanos tiveram que se defender dos ataques dos seus vizinhos e, para não serem derrotados, tiveram de os submeter
  • ι Motivações económicas:
    • ao conquistarem territórios os Romanos ficavam com os seus bens e riquezas (produtos agrícolas, minérios, escravos, etc.)
  • ι Motivações sociais:
    • novos cargos para os militares, novos mercados para os homens de negócios e novas propriedades rurais para os colonos
  • ι Ambição dos chefes:
    • os chefes políticos procuravam honra e glória através de novas conquistas

 

  Regimes políticos

 

»  Regime republicano

¬ Quando Roma iniciou a sua expansão, o seu regime político era uma república.

 

  • ι Assembleia (comícios):
    • conjunto de cidadãos que elegiam os magistrados e detinham poder legislativo
  • ι Magistrados:
    • detinham o poder executivo, ou seja, governavam a República
  • ι Senado:
    • dirigia a política externa e nomeava os governadores das províncias

 

»  Regime imperial

  • ¬ À medida que Roma se expandia, crescia a ambição de muitos governantes e muitos lutaram entre si pelo poder.
    ¬ Tornou-se necessário criar um regime mais forte de forma a criar união.
    ¬ Em 27 a. C., Octávio César Augusto fundou um regime político novo, a que se chamou Império.
    ¬
    O Senado, os Magistrados e os Comícios continuaram a existir, mas muitos dos seus poderes foram transferidos para o imperador.

 

  • ι Poderes do imperador:
    • chefiava o exército
      dirigia a política externa
      controlava toda a administração
      era o supremo-sacerdote

 

  Integração dos povos dominados

¬ Os Romanos procuraram transmitir a sua civilização aos diferentes povos que faziam parte do Império de forma a promover a sua integração e desenvolver as regiões mais atrasadas.

 

  • •  Romanização:
    • processo de assimilação da cultura romana (língua, religião e costumes)

 

  • ι Instrumentos de integração:
    • exército poderoso que garantia a paz – pax romana
      ⤷ estabelecimento da administração pública
      ⤷ vasta rede de estradas
      ⤷ a língua latim
      direito romano (leis)
      direito de cidadania

 

  Economia

¬ A economia romana era uma economia urbana (em função das cidades), mercantil (devido à importância do comércio), monetária (devido à utilização da moeda) e esclavagista (devido à utilização de escravos).

 

  Sociedade 

¬ A sociedade romana era hierarquizada e estratificada, pois encontrava-se dividida em estratos sociais, cada um com o seu nível de importância a nível social.

 

  • ι Ordem senatorial:
    • senadores, magistrados e governadores de províncias
      ocupavam altos cargos na administração central e no exército
      possuíam grandes propriedades rurais, os latifúndios
      possuíam grandes fortunas
  • ι Ordem equestre:
    • cavaleiros que passaram a dedicar-se à administração do Império, ao comércio e aos negócios
      possuíam grandes fortunas, embora um pouco inferiores aos membros da ordem senatorial
  • ι Plebe:
    • pequenos proprietários de terras e camponeses – plebe rural
      artesãos e pequenos comerciantes – plebe urbana
      os mais pobres viviam na dependência das famílias mais ricas e outros eram alimentados pelo Estado
  • ι Servos libertos:
    • escravos a quem foi concedida liberdade
  • ι Escravos:
    • homens não livres
      cabiam-lhe os trabalhos mais duros

 

  Religião

¬ Os Romanos adotaram muitos deuses de povos dominados.
¬ O maior exemplo são os deuses oriundos da mitologia grega. Os nomes mudaram, mas os atributos eram os mesmos.

 

»  Tipos de culto

  • ι Culto familiar:
    • realizado em casa faziam culto às almas dos antepassados (Manes), aos deuses protetores do lar (Lares) e aos deuses das provisões (Penates)
  • ι Culto cívico:
    • realizado nos templos, pelos sacerdotes

 

»  Cristianismo

¬ Durante o Império Romano, surgiu uma nova religião que defendia a existência de um só Deus – o Cristianismo, que mais tarde passou a ser a religião oficial do império.

 

  Arte

  • ι Arquitetura:
    • influência grega → colunas, frontões e frisos
      inovações → arco de volta perfeita, abóbada de berço e cúpula
      características → monumentalidade, durabilidade, caráter prático e utilitário
      tipos de construções → aquedutos, basílicas, termas, circos, anfiteatros, arcos de triunfo e templos
  • ι Urbanismo:
    • a organização das cidades tinha como princípio a utilidade
      eram todas construídas à semelhança de Roma
      no centro da cidade encontrava-se o fórum (praça principal da cidade onde se encontravam alguns dos mais importantes templos e edifícios públicos)
      à volta do fórum construía-se o núcleo urbano

  • ι Pintura:
    • ⤷ principais temas → retrato, paisagens, cenas da vida quotidiana, motivos históricos ou mitológicos
      ⤷ frescos com cores vivas com impressão de profundidade
      ⤷ principal característica → realismo
  • ι Escultura:
    • ⤷ altos-relevos e estátuas
      ⤷ principal característica → realismo

 

  Cultura

  • ι Literatura:
    • Cícero → grande orador do tempo da República romana
      Virgílio → poeta, autor da epopeia “Eneida”
      Tito Líio → historiador, autor de “Uma História de Roma”
  • ι Direito:
    • elaboração de leis para regular a vida da sociedade romana e o funcionamento do Estado

 

 

Romanização da Península Ibérica

 

  Conquista da Península Ibérica

¬ Conquista da Península Ibérica no final do século III a. C.
¬ Conquista muito difícil devido à resistência dos povos peninsulares, entre os quais os Lusitanos
¬ A Península Ibérica foi então dividida em três províncias: Tarraconense, Bética e Lusitânia
¬ A maioria das cidades ganhou alguma autonomia administrativa, sendo declaradas municípios
¬ Um município possuía magistrados próprios, eleitos pelos habitantes

 

  Herança romana na Península Ibérica

¬ Numerosas cidades
¬ Vasta rede de estradas, pontes, aquedutos e templos
¬ Desenvolveu-se a agricultura, o artesanato, a exploração mineira e o comércio
¬ Costumes romanos como o vestuário e a alimentação
¬ O latim
¬ O Cristianismo

voltar ao topo


POWERPOINTS/SLIDESHARE

voltar ao topo


VÍDEOS YOUTUBE

Para navegar entre os vários vídeos clicar na parte superior direita do player no símbolo  .

voltar ao topo


AULAS E FICHAS #ESTUDOEMCASA

#EstudoEmCasa 2020/2021

História 7º e 8º anos

Aula 21   |   ” “Roma e Pavia não se fizeram num dia” – A Construção do Império Romano. Estética renascentista e clássica em Portugal / Persistência do gótico e especificidades do estilo Manuelino”   »   ver aula  ·  ficha  ·  correção
Aula 22   |   ” “Todos os caminhos vão dar a Roma”: fatores de integração no império romano e o poder imperial. “Caminhos cristãos”: origem e expansão”   »   ver aula  ·  ficha  ·  correção

voltar ao topo


EXERCÍCIOS

Teste   |   enunciado

voltar ao topo


APRENDIZAGENS ESSENCIAIS

  • Referir o espaço imperial romano nos séculos II e III e a sua diversidade de recursos, povos e culturas;
  • Caracterizar a economia romana como urbana, comercial, monetária e esclavagista;
  • Compreender que a língua, o Direito e a administração foram elementos unificadores do império;
  • Caracterizar o poder imperial acentuando o seu estatuto sagrado e o controlo exercido sobre as instituições políticas;
  • Caracterizar a arquitetura romana;
  • Reconhecer os contributos da civilização romana para o mundo contemporâneo;
  • Identificar/aplicar os conceitos: império; magistrado; administração; urbanismo; Direito; romanização.

voltar ao topo


RESUMOS E EXERCÍCIOS
7º ANO | HISTÓRIA


 

Também te pode interessar…