Ciências Físico-Químicas 8º ano | Tipos de reações químicas

 

TIPOS DE REAÇÕES QUÍMICAS

 

 

REAÇÕES DE OXIDAÇÃO-REDUÇÃO

 

Tipos de reações de oxidação – redução

 

  • Reações de combustão
    • reações entre um combustível (substância que arde) e um comburente (substância que entra em combustão)
    • libertação de grandes quantidades de energia
    • envolvem geralmente aparecimento de chama e, se forem muito rápidas, podem ocorrer com explosão
    • necessitam de uma energia de activação (calor, chama ou descarga eléctrica)

 

  • Respiração celular
    • libertação de energia
    • envolve os nutrientes que garantem o funcionamento das células

 

  • Oxidação de metais (corrosão)
    • libertação de alguma energia
    • processo lento que transforma metais em óxidos metálicos

 

Emissão de gases poluentes

 

A utilização de combustíveis fósseis produz uma grande variedade de gases poluentes:

  • dióxido de enxofre (SO2)
  • óxidos de azoto (NO, NO2)
  • dióxido de carbono (CO2)

 

Efeitos

  • Chuvas ácidas (SO2, NO, NO2)
  • Diminuição da camada de ozono (NO, NO2)
  • Efeito de estufa (CO2)

Soluções

  • Adição de substâncias durante a combustão
  • Uso de filtros de emissão

 

REAÇÕES ÁCIDO-BASE

 

Produtos de uma reação ácido-base

 

Sal e água

 

  • Nome de sais:
    • ácido clorídrico dá origem ao sal cloreto
    • ácido sulfúrico dá origem ao sal sulfato
    • ácido nítrico dá origem ao sal nitrato
    • ácido fosfórico dá origem ao sal fosfato

 

Neutralização
  • Quando adicionamos gotas de solução básica a uma solução ácida:
    • a acidez diminui
    • o valor de ph aumenta
  • Quando adicionamos gotas de solução ácida a uma solução básica:
    • a basicidade diminui
    • o valor do ph diminui

Nestas reações o valor de ph tende para 7.

 

REAÇÕES DE PRECIPITAÇÃO

 

O que são?

 

Reações de precipitação

  • reações em que se forma um precipitado (sólido)

 

Solubilidade de Sais

 

Sais

  • Pouco solúveis (formam precipitados)
    • hidróxidos
    • carbonatos
    • fosfatos
    • sulfuretos
    • fluoreto de magnésio, cálcio, chumbo e bário
    • cloretos de prata, mercúrio, chumbo
    • brometos de prata, mercúrio, chumbo
    • iodetos de prata, mercúrio, chumbo
    • sulfatos de bário, mercúrio, chumbo

 

  • Muito solúveis (formam soluções aquosas)

 

DUREZA DA ÁGUA

 

Água macia e água dura

A água das chuvas quando atravessa os solos dissolve alguns dos seus constituintes. Conforme a concentração de sais as águas podem classificar-se da seguinte forma:

  • ÁGUA MACIA
    • poucos sais de cálcio e magnésio

 

  • ÁGUA DURA
    • muitos sais de cálcio e magnésio
    • dificulta a ação dos sabões (forma espuma) e provoca a deposição de calcário nas canalizações, máquinas de lavar, ferros…
Tipos de dureza

 

  • DUREZA TEMPORÁRIA
    • tem carbonatos e hidrogenocarbonatos de cálcio e magnésio, trata-se fervendo a água (ebulição) pois precipita os sais

 

  • DUREZA PERMANENTE
    • tem cloretos, sulfatos e nitratos de cálcio e de magnésio, trata-se através de anti-calcários

 


 

Revê aqui a matéria/resumo de matemática/síntese de CFQ:

 


 

EXERCÍCIOS

Ficha   |   enunciado

Nota: Realizar exercícios do 4 ao 17

 


 

O que tens de saber neste capítulo, segundo o programa e metas curriculares de Ciências Físico-Químicas – 8º ano:

 

DOMÍNIO: REAÇÕES QUÍMICAS

SUBDOMÍNIO: TIPOS DE REAÇÕES QUÍMICAS

 

  • Conhecer diferentes tipos de reações químicas, representando-as por equações químicas
  1. Identificar, em reações de combustão no dia a dia e em laboratório, os reagentes e os produtos da reação, distinguindo combustível e comburente.
  2. Representar reações de combustão, realizadas em atividades laboratoriais, por equações químicas.
  3. Associar as reações de combustão, a corrosão de metais e a respiração a um tipo de reações químicas que se designam por reações de oxidação-redução.
  4. Identificar, a partir de informação selecionada, reações de combustão relacionadas com a emissão de poluentes para a atmosfera (óxidos de enxofre e nitrogénio) e referir consequências dessas emissões e medidas para minimizar os seus efeitos.
  5. Dar exemplos de soluções aquosas ácidas, básicas e neutras existentes no laboratório e em casa.
  6. Classificar soluções aquosas em ácidas, básicas (alcalinas) ou neutras, com base no comportamento de indicadores colorimétricos (ácido-base).
  7. Distinguir soluções ácidas de soluções básicas usando a escala de Sorensen.
  8. Determinar o caráter ácido, básico ou neutro de soluções aquosas com indicadores colorimétricos, e medir o respetivo pH com indicador universal e medidor de pH.
  9. Ordenar soluções aquosas por ordem crescente ou decrescente de acidez ou de alcalinidade, dado o valor de pH de cada solução.
  10. Prever se há aumento ou diminuição de pH quando se adiciona uma solução ácida a uma solução básica ou vice-versa.
  11. Identificar ácidos e bases comuns: HCl, H2SO4, HNO3, H3PO4, NaOH, KOH, Ca(OH)2, Mg(OH)2.
  12. Classificar as reações que ocorrem, em solução aquosa, entre um ácido e uma base como reações ácido-base e indicar os produtos dessa reação.
  13. Representar reações ácido-base por equações químicas.
  14. Concluir que certos sais são muito solúveis ao passo que outros são pouco solúveis em água.
  15. Classificar como reações de precipitação as reações em que ocorre a formação de sais pouco solúveis em água (precipitados).
  16. Identificar reações de precipitação, no laboratório e no ambiente (formação de estalactites e de estalagmites).
  17. Representar reações de precipitação, realizadas em atividades laboratoriais, por equações químicas.
  18. Associar águas duras a soluções aquosas com elevada concentração em sais de cálcio e de magnésio.
  19. Relacionar, a partir de informação selecionada, propriedades da água com a sua dureza, referindo consequências do seu uso industrial e doméstico, e identificando processos usados no tratamento de águas duras.

 


 

|   Voltar à lista dos conteúdos do 8º ano – Ciências Físico-Químicas   |

 

Também te pode interessar…