Onde ir: Oceanário de Lisboa

 

Oceanário de Lisboa

 

 

O Oceanário de Lisboa, originalmente Pavilhão dos Oceanos, foi construído e inaugurado no âmbito da Expo 98, a última exposição mundial do século XX, com o tema “Os Oceanos, um Património para o Futuro”. É um oceanário situado na cidade de Lisboa. Constitui-se em um aquário público e instituição de pesquisa sobre Biologia marinha e Oceanografia. É o segundo maior oceanário da Península Ibérica, contendo uma extensa coleção de espécies — aves, mamíferos, peixes e outros habitantes marinhos.

A mascote escolhida do Oceanário de Lisboa é o boneco Vasco (com o mote: “O Vasco é boa onda!”), em referência ao navegador português Vasco da Gama. O “Vasco” encontra-se em dois lugares para “saudar” os visitantes: em frente à entrada principal e na baía em frente ao Oceanário (porto do rio Tejo).

 

Características

Com uma área total de vinte mil metros quadrados, o Oceanário tem cerca de 7.500.000 litros de água divididos por mais de 30 aquários e oito mil organismos, entre animais e plantas, de quinhentas espécies diferentes.

No seu interior, a principal atração é o aquário central, com 5.000.000 de litros, representando o Oceano Global, onde coexistem várias espécies de peixes como tubarões, barracudas, raias, atuns e pequenos peixes tropicais. Destacam-se ainda mais quatro diferentes aquários que representam, pela sua riqueza natural em termos de fauna e flora, os habitats marinhos do Atlântico Norte (costa dos Açores), do oceano Antártico, do Pacífico temperado (costas rochosas) e do Índico tropical (recife de coral). Separados do aquário central por grandes painéis de acrílico estrategicamente colocados, cria-se a ilusão de estar perante um único aquário.

 

Vídeo

  • Em seguida um filme, de 2011. ” O aquário é para todos.” inspirou a conclusão do filme e traduz a celebração que o Oceanário pretende encetar com o público.

Treze anos e mais de 15.250.000 visitantes depois da sua abertura, olhando para as iniciativas realizadas e para os sucessivos objetivos alcançados, o Oceanário de Lisboa apresenta ao público, pela primeira vez, um filme que revela o seu percurso histórico e a excelência da sua exposição com imagens únicas e inesquecíveis.

Entreter, Descobrir, Emocionar, Envolver, Educar e Conservar, são o fio condutor deste emocionante filme. Estas palavras refletem o percurso de sensações ao longo da visita e sustentam a missão do Oceanário de Lisboa.

 

Celebração do mês da Criança!

O oceanário de Lisboa oferece a entrada às crianças até aos 12 anos, na compra do bilhete de adulto. De 1 a 30 de junho, os mais novos podem entrar de forma gratuita no Oceanário, quando acompanhados de um adulto (dos 13 aos 64 anos). Esta iniciativa tem como objetivo ajudar as famílias portuguesas a desconfinar e a promover a visita ao aquário, para que possam “mergulhar” no fundo do mar e usufruir de momentos únicos, de paragem, observando os animais debaixo de água e conhecendo melhor as espécies marinhas.

O Oceanário de Lisboa reabriu portas no passado dia 11 de maio e tem todas as suas exposições abertas. Os visitantes vão poder voltar a “mergulhar” no grande aquário central, visitar as “Florestas Submersas” e descobrir a magia da instalação “ONE – o mar como nunca o sentiu”.

Para a reabertura, e tendo em conta as recomendações das autoridades sanitárias, o Oceanário de Lisboa implementou várias medidas de segurança em todos os espaços de visita, adaptando-se à nova realidade. Destacam-se a redução do número de visitantes em simultâneo, a realização de ações frequentes de higienização dos espaços, o reforço de dispensadores de gel desinfetante para uso dos visitantes, o pagamento de bilhetes exclusivamente por meios automáticos, informações áudio e gráficas para relembrar o distanciamento ainda necessário. O uso de máscara é obrigatório durante a visita e será assegurado gratuitamente aos visitantes.

Tendo sempre como prioridade o bem-estar e segurança de todos os seus visitantes, colaboradores e animais que mantém, o Oceanário de Lisboa prossegue a sua missão de promover o conhecimento do oceano e contribuir para a sua conservação.

 

Horário

O horário está reduzido temporariamente, devido à pandemia do COVID-19.
O Oceanário está aberto das 10h às 19h todos os dias, a última entrada é às 18h.
No dia 25 de dezembro abre das 13h às 18h e no dia 1 de janeiro das 12h às 18h.

 

Preços

  • 0 – 3 anos       –     Gratuito
  • 4 – 12 anos     –     10€
  • 13 – 64 anos   –     19€
  • + 65 anos       –     13€
  • Família*          –     47€ (incluí 2 bilhetes (13-64 anos) + 2 bilhetes (4-12 anos), bilhete extra (4-12 anos) 6€)

 

Como Chegar

O Oceanário de Lisboa está situado na Doca dos Olivais, no Parque das Nações.

Esta zona é servida por um conjunto de infra-estruturas de transportes. A estação do Oriente articula toda a rede de transportes públicos que serve a zona oriental de Lisboa, como o Metro, autocarros e todos os comboios da Linha de Sintra (Amadora e Campolide) e Linha do norte, para além de uma praça de Táxis.

 

 


MAIS SUGESTÕES ONDE IR EM FAMÍLIA

 

Onde ir: Museu do Papel Terras de Santa Maria

terça a sexta: 10h00 às 13h00 – 14h00 às 17h00.
sábado e domingo: 15h00 às 17h30.

Última entrada de visita: 30 minutos antes do fecho.

0 comments

Onde ir: Museu Nacional da Música

De segunda-feira a sábado das 11:00h às 17:00h.
Encerra Domingos, Feriados de Ano Novo, 1.º de Maio, Dia de Natal e Dia de Santo António (feriado municipal de Lisboa).

0 comments

Onde ir: Casa Fernando Pessoa

Das 11h às 17h (última entrada: 16h00).
O museu encerra às segundas, 1 de Janeiro, 1 de Maio e 25 de Dezembro.
A biblioteca encerra às segundas, aos domingos e feríados.

0 comments

ARTIGOS     DESAFIOS     EFEMÉRIDES     LIVROS     ONDE IR EM FAMÍLIA     VÍDEOS


 

Também te pode interessar…

Ajuda o nosso site colocando gosto na nossa página de Facebook!