Ciências Naturais 9º ano | A importância do Sistema Respiratório

 

A IMPORTÂNCIA DO SISTEMA RESPIRATÓRIO

 

 

SISTEMA RESPIRATÓRIO

 

Constituição do Sistema Respiratório

 

Sistema Respiratório

  • Vias Respiratórias
    • fossas nasais
    • faringe
    • laringe
    • traqueia
    • brônquios
    • bronquíolos

 

  • Pulmões

 

  • Fossas nasais
    • por onde o ar entra e é filtrado do pó e das impurezas,humedecido e aquecido

 

  • Faringe
    • liga a boca e as fossas nasais à laringe
    • é comum aos sistemas digestivos e respiratório

 

  • Laringe
    • invólucro de cartilagem onde se situam as cordas vocais e a epiglote, que fecha a laringe durante a degustação

 

  • Traqueia
    • estrutura tubular constituída por anéis incompletos de cartilagem

 

  • Brônquios
    • canais de cartilagem resultantes da ramificação dos brônquios
    • terminam em sacos designados alvéolos pulmonares

 

  • Alvéolos pulmonares
    • terminações dos bronquíolos que são revestidos por uma única camada de células e irrigados por vários capilares sanguíneos
    • é onde ocorrem as trocas gasosas (hematose pulmonar) em que o sangue recebe oxigénio e liberta dióxido de carbono e vapor de água

 

  • Pulmões
    • órgãos elásticos e esponjosos de cor rosada
    • são revestidos por uma membrana dupla (pleura)
    • localizam-se na caixa torácica
    • encontram-se limitados inferiormente pelo diafragma

 

  • Diafragma
    • músculo responsável pela ventilação pulmonar

 

 

Ventilação Pulmonar

 

  • Ventilação Pulmonar
    • mecanismo através do qual se renova o ar nos pulmões
    • ocorre devido ás diferenças de pressão entre o exterior e os alvéolos pulmonares

 

Movimentos Respiratórios

 

  • Inspiração
    • os músculos intercostais contraem-se, as costelas sobem e o diafragma contrai e desce
    • a caixa torácica aumenta de volume e os pulmões distendem-se
    • a pressão nos pulmões diminui em relação à pressão atmosférica
    • as narinas e a epiglote abrem e o ar entra para os pulmões

 

  • Expiração
    • os músculos intercostais relaxam, as costelas descem e o diafragma relaxa e sobe
    • a caixa torácica diminui de volume e os pulmões contraem-se
    • a pressão no interior dos pulmões aumenta em relação à pressão atmosférica
    • o ar sai dos pulmões

 

Ciclo ventilatório e frequência ventilatória

 

Ciclo ventilatório

  • conjunto de uma inspiração e de uma expiração

Frequência ventilatória

  • número de ciclos ventilatórios por minuto

 

 

Como é controlada a ventilação pulmonar

A ventilação pulmonar é controlada pelo sistema nervoso que através de sensores deteta a concentração de dióxido de carbono e de oxigénio.

Os sensores de CO2 e O2 estão localizados no tecido pulmonar.

 

Mecanismo das trocas gasosas

 

  • Hematose pulmonar
    • passagem de oxigénio do ar dos alvéolos pulmonares para o sangue  e de dióxido de carbono do sangue para os alvéolos pulmonares
    • este processo ocorre por difusão, ou seja deslocamento das moléculas de O2 e CO2 para zonas onde a pressão parcial é menor
    • o sangue venoso para o sangue arterial

 

  • Hematose tecidular (hematose celular)
    • difusão do oxigénio para as células e de dióxido de carbono para o sangue
    • o sangue arterial passa para o sangue venoso

 

Influencia da altitude

 

Quanto maior a altitude menor é a pressão atmosférica e menor é a quantidade de oxigénio

 

  • Aclimatação
    • processo em que o organismo humano se ajusta a mudanças físicas a que não está habituado, como por exemplo as alterações de altitude, de pressão atmosféricas e de temperatura

 

As pessoas que vivem em grandes altitudes possuem mais glóbulos vermelhos que compensam a pouca quantidade de oxigénio no ar. -no entanto, uma pessoa que vive em pouca altitude, quando se desloca para uma zona de grande altitude, aumente a frequência ventilatória e cardíaca.

 

Doenças do sistema respiratório

 

  • Enfisema pulmonar
    • destruição do tecido pulmonar causado, sobretudo, pelo fumo do tabaco

 

  • Bronquite Crónica
    • inflamação crónica dos brônquios, muitas vezes causada pelo fumo do tabaco que origina um aumento da produção de muco, estreitamento das vias respiratórias e dificuldades em respirar

 

  • Cancro do pulmão
    • tumor provocado pela alteração genética de células pulmonares causada pelo fumo do tabaco.

 

Prevenção das doenças respiratórias

 

Principais medidas

  • não fumar
  • praticar exercício físico
  • frequentar locais não poluídos e arejados
  • inspirar pelo nariz


 

Revê aqui a matéria/resumo/síntese de Ciências Naturais:

 


 

EXERCÍCIOS

Em breve

 


 

O que tens de saber neste capítulo, segundo o programa e metas curriculares de Ciências Naturais – 9º ano:

 

DOMÍNIO: VIVER MELHOR NA TERRA

SUBDOMÍNIO: ORGANISMO HUMANO EM EQUILÍBRIO

 

  • Analisar a influência do ambiente e dos estilos de vida no sistema respiratório
  1. Descrever a constituição do sistema respiratório, com base numa atividade laboratorial.
  2. Referir a função do sistema respiratório e dos seus constituintes.
  3. Distinguir respiração externa de respiração celular.
  4. Indicar as alterações morfológicas que ocorrem ao nível do mecanismo de ventilação pulmonar.
  5. Determinar a variação da frequência e da amplitude ventilatórias em diversas atividades realizadas no dia-a-dia, com controlo de variáveis.
  6. Comparar a hematose alveolar com a hematose tecidular.
  7. Resumir os mecanismos de controlo da ventilação.
  8. Deduzir a influência das variações de altitude no desempenho do sistema cardiorrespiratório, distinguindo as variações devidas a processos de aclimatação.
  9. Avaliar os efeitos do ambiente e dos estilos de vida no equilíbrio do sistema respiratório.
  10. Caraterizar, sumariamente, três doenças do sistema respiratório, com destaque para as consequências à exposição ao fumo ambiental do tabaco.
  11. Indicar medidas que visem contribuir para o bom funcionamento do sistema respiratório.

 


|   Voltar à lista dos conteúdos do 9º ano – Ciências Naturais   |


 

Também te pode interessar…