Português 9º | Recursos expressivos: símbolo, alegoria e sinédoque

RECURSOS EXPRESSIVOS:

SÍMBOLO, ALEGORIA E SINÉDOQUE

 

 

RECURSOS EXPRESSIVOS

 

Os recursos expressivos são usados frequentemente nos textos literários para tornar a linguagem mais sugestiva e mais expressiva, embora também possa surgir noutros tipos de textos e na linguagem do dia a dia.

Nos anos anteriores já aprendeste a onomatopeia, a enumeração, a personificação, a comparação, a anáfora, a perífrase, a metáfora, a aliteração, o pleonasmo, a hipérbole, a antítese, o eufemismo e a ironia. No 9º ano vais ainda aprender o símbolo, a alegoria e a sinédoque.

 

 

Onomatopeia

Uso de palavras que representam sons.

  • Triimm Triimm!

 

 

Enumeração

Sucessão de vários elementos.

  • Vi um passáro, um elefante, um rinoceronte, um crocodilo e muitos mais animais!

 

 

Personificação

Atribuição de características humanas a animais ou objetos.

  • A nuvem chorou.

 

 

Comparação

Relação de semelhança com recurso a uma conjunção comparativa (como, assim, tal como, …).

  • Os olhos azuis como o mar.

 

 

Anáfora

Repetição da mesma palavra ou expressão no início de vários versos, de várias frases ou de vários elementos da mesma frase.

  • Hoje é dia de Natal. Hoje é dia de festa. Hoje é dia de juntar a família. Hoje é dia de comer, brincar e orar.

 

 

Perífrase

Apresentação por várias palavras uma ideia que poderia ter sido referida por uma única palavra.

  • Vinha rompendo a manhã = Amanhecia.

 

 

Metáfora

Relação de semelhança sem recurso a uma expressão comparativa (como, assim, tal como, …).

  • Tenho tantos problemas para resolver…carrego o mundo nos meus ombros.

 

 

Aliteração

Repetição da mesma consoante em palavras próximas.

  • O rato roeu a rolha da garrafa do rei da Rússia.

 

 

Pleonasmo

Uso intencional de palavras ou expressões que repetitivas.

  • Subir para cima da colina.

 

 

Hipérbole

Exagero da realidade.

  • Ele é alto como a Torre Eiffel.

 

 

Antítese

Oposição de ideias ou realidades.

  • Estou feliz e triste contigo.

 

 

Eufemismo

Suavização de uma realidade desagradável ou trágica.

  • O meu avô foi para o céu.

 

 

Ironia

Transmissão de uma ideia através da afirmação do seu contrário, mas demonstrando a verdadeira intenção.

  • Hoje vão estar quarenta graus que não é calor nenhum!

 

 

Símbolo

Relação que associa algo (objeto, ser animado…) a uma ideia, a um conceito ou sentimento.

  • Pomba branca (simboliza paz)

 

 

Alegoria

Representação de uma realidade abstrata através de uma realidade concreta, por meio de analogias, metáforas, imagens e comparações.

  • “O polvo, com aquele seu capelo na cabeça, parece um monge; com aqueles seus raios estendidos, parece uma estrela; com aquele não ter osso nem espinha, parece a mesma brandura, a mesma mansidão.” (em Sermão de Santo António aos Peixes, do Padre António Vieira)
    O polvo aparece como uma representação alegórica da hipocrisia com que se mascara o ser humano e, em particular, alguns membros da igreja.

 

 

Sinédoque

Relação em que se designa o todo pela parte ou a parte pelo todo, o plural pelo singular ou o singular pelo plural, etc.

  • “Este povo que é meu, por quem derramo as lágrimas…” (em Os Lusíadas, de Luís de Camões)
    Povo refere-se apenas aos marinheiros de Vasco da Gama.

 

 

 

Revê aqui a matéria/resumo de português/síntese:

 

 

|   Voltar à lista de conteúdos do 9º ano – Português   |

 

You may also like...