Português 9º | Processos fonológicos de inserção (prótese, epêntese e paragoge), de supressão (aférese, síncope e apócope) e de alteração de segmentos (redução vocálica, assimilação, dissimilação, metátese)

PROCESSOS FONOLÓGICOS:

DE INSERÇÃO, DE SUPRESSÃO E DE ALTERAÇÃO DE SEGMENTOS

 

 

PROCESSOS FONOLÓGICOS

 

A língua está em constante evolução. As palavras que são utilizadas hoje resultam de transformações sofridas ao longo dos séculos. Existem três tipos de processos fonológicos que contribuem para a evolução fonética:

  • processos fonológicos de inserção: adição de um fonema (som)
  • processos fonológicos de supressão: desaparecimento de um fonema (som)
  • processos fonológicos de alteração de segmentos: mudança de posição dos fonemas (sons) ou sua alteração

 

 

Processos fonológicos de inserção
  • Prótese: inserção no início da palavra
    • i » aí
  • Epêntese: inserção no meio da palavra
    • querês » quereis
  • Paragoge: inserção no fim da palavra
    • Jesu » Jesus

 

 

Processos fonológicos de supressão
  • Aférese: supressão no início da palavra
    • avantagem » vantagem
  • Sincope: supressão no meio da palavra
    • vinrá » virá
  • Apócope: supressão no fim da palavra
    • mundanal » mundano

 

 

Processos fonológicos de alteração de segmentos
  • Redução vocálica: enfraquecimento de uma vogal em posição átona
    • a primeira sílaba da palavra mata enfraquece em matagal
  • Assimilação: fonemas contíguos diferentes tornam-se iguais ou semelhantes
    • pera » para
  • Dissimilação: fonemas contíguos iguais tornam-se diferentes
    • ventezinho » ventozinho
  • Metátese: mudança de posição de fonemas dentro de uma palavra
    • breviairos » breviários

 

 

 

Revê aqui a matéria/resumo da matéria/síntese:

 

 

|   Voltar à lista de conteúdos do 9º ano – Português   |

 

You may also like...