O mundo virtual

 

O mundo virtual

 

Não é novidade que o uso excessivo da internet é um perigo. E não o é só para as nossas crianças e adolescentes mas também para nós adultos. Afinal, como tudo na vida, o que é em exagero é prejudicial.

Mas afinal, o que é excesso? Ainda não existe um consenso sobre qual é o limite de tempo saudável e por isso, o ideal é, em conjunto com o teu/tua filho/a, definirem um tempo para passar online e outro tanto tempo para passar offline, aproveitando esse tempo para estreitar laços com a família e com os amigos, em modo presencial. Proibir não é a solução. Quer seja com a televisão, o telemóvel ou o computador, o fundamental é que as regras e os limites sejam combinadas entre os dois.

É importante um diálogo aberto e que fale dos perigos existentes no mundo virtual como não partilhar informações pessoais com estranhos, não colocar fotos sugestivas, não ter um perfil público, não ter encontros com pessoas que não conhece, não fazer transferências monetárias…

No entanto, também não é de todo, aconselhável que só critiquemos as redes sociais e o mundo virtual, afinal é a realidade de hoje em dia e se só lhes falarmos do mau uso da mesma, eles acabarão por se distanciar de nós pensando que, não sabemos nada do mundo de hoje, que somos velhos e antiquados. Demonstrem interesse nos gostos dos vossos filhos e assim, não só conhecerão melhor os seus gostos (tanto no mundo virtual, como no mundo real) como também providenciarão momentos mais saudáveis em família com conversas abertas e interessantes. Promove refeições e conversas em que o uso do telemóvel não é permitido tanto pelos mais novos como pelos mais velhos.

Mostra interesse pelos sites que ele visita, pelos youtubers que segue, qual é o jogo de que gosta ou a app que mais utiliza. Ao mesmo tempo, partilha os teus gostos online e mostra-lhe o que pode el@ aproveitar de bom, como conhecer outros lugares, aprender mais sobre os seus gostos, encontrar informações de algo que lhe interesse muito e até aprender algo novo. Explica-lhe que o problema não é o uso da internet mas sim que el@ deixe de viver (e/ou de saber viver) no mundo real por passar demasiado tempo no mundo virtual.

Sê amig@ del@ nas redes sociais mas torna-te o mais invisível possível, de modo a que el@ quase se esqueça que @ segues.

Pessoalmente, gosto de deixar o telemóvel fora do quarto durante a noite e com a internet desligada. Acho muito positivo tirar um tempo só para mim antes de ir dormir, em que baixo as luzes e começo a preparar o cérebro para ir dormir. Adormeço mais facilmente e as noites são mais tranquilas.

Por fim, não se esqueçam que eles aprendem muito por exemplo e que é importante que também nós, vivamos mais no mundo offline do que no online ☺

 

Cláudia Pintado

 

Se quiseres saber mais sobre mim, ora espreita :

www.instagram.com/claudiapintado.teencoach/

www.facebook.com/claudiapintado.teencoach/

open.spotify.com/show/5oLGQOSLKOpLCv1KryQ2AF

 


MAIS ARTIGOS

 

Para ti que és Mulher!

Para todas as Mulheres da minha Vida e para todas as Mulheres das vossas Vidas! FELIZ DIA DA MULHER!

0 comments

A vida sem livros e sem leituras seria mesmo vida?

Já imaginaram como tudo seria diferente para muito pior caso não existissem os livros?

0 comments

A Educação começa na Creche

Artigo sobre educação – Susana Lionço

0 comments

ARTIGOS     DESAFIOS     EFEMÉRIDES     LIVROS     ONDE IR EM FAMÍLIA     VÍDEOS


 

Também te pode interessar…

Ajuda o nosso site colocando gosto na nossa página de Facebook!