Geografia 7º ano | A representação da superfície terrestre

 

A REPRESENTAÇÃO DA SUPERFÍCIE TERRESTRE

 

 

 

FORMAS DE REPRESENTAÇÃO DA SUPERFÍCIE TERRESTRE

 

 

Globo

 

Vantagens:

  • Formas corretas
  • Distâncias entre locais corretas
  • Representação mais fiel da superfície terrestre

 

Desvantagens:

  • Difícil transporte
  • Difícil arrumação
  • Permite trabalhar com pouco diversidade de assuntos

 

 

Mapas

 

Vantagens:

  • Fácil transporte
  • Fácil arrumação
  • Permite trabalhar com uma grande diversidade de assuntos

 

Desvantagens:

  • Formas incorretas
  • Distâncias entre locais incorretas
  • Representação com distorções da superfície terrestre

 

 

Outras formas de representar a superfície terrestre
  • Fotografias aéreas
  • Imagens de satélite
  • Ortofotomapas
  • Sistemas de informação geográfica

 

 

 

TIPOS DE PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS

 

 

Definição de projeção cartográfica

As projeções cartográficas são técnicas que permitem representar o mundo esférico num plano.

 

 

Projeção cilindrica

  • Indicada para representar toda a superfície terrestre
  • Contra: Quanto mais próximo dos pólos, maior a distorção.

 

 

Projeção cónica

 

  • Indicada para representar continentes ou países
  • Contra: Quanto mais afastado do ponto de tangência dos meridianos maior a distorção

 

 

Projeção azimutal ou plana

  • Indicada para representar as regiões polares
  • Contra: Quanto mais afastado do centro maior a distorção

 

 

 

DIVERSIDADE DE REPRESENTAÇÕES CARTOGRÁFICAS

 

 

Elementos de um mapa
  • Título: assunto do mapa
  • Legenda: significado das cores e símbolos presentes no mapa
  • Escala (numérica ou gráfica): estabelece a relação entre as distâncias no mapa e as distâncias reais
  • Orientação (pela rosa-dos-ventos ou pelo ponto cardeal norte): permite a localização dos lugares
  • Fonte: indica a origem da informação

 

 

Tipos de mapas

 

Quanto ao tema:

  • gerais, ou de base: apresentam informações gerais como o relevo, rios, fronteiras, …
    • planta: representa esquematicamente uma pequena área com muitos pormenores
    • mapa topográfico: representa uma região pequena com muitos pormenores (altitude – indicada por curvas de nível -, cursos de água, estradas)
  • temáticos: apresentam um tema específico
    • políticos: representam países ou regiões administrativas
    • físicos: representam aspetos físicos da paisagem (relevo, clima, a vegetação)
    • demográficos: têm como tema aspetos relacionados com a população

 

Quanto à escala:

  • de pequena escala (pouco pormenor)
    • Exemplos: planisfério, mapa corográfico
  • de grande escala (grande pormenor)
    • Exemplos: mapa topográfico, planta

 

Quanto maior a escala maior é o pormenor e menor é a extensão de território representado.

 


 

Revê aqui a matéria/resumo de matemática/síntese de Geografia:

 


 

EXERCÍCIOS

Em breve

 


 

O que tens de saber neste capítulo, segundo o programa e metas curriculares de Geografia – 7º ano:

 

DOMÍNIO: A TERRA: ESTUDOS E REPRESENTAÇÕES

SUBDOMÍNIO: A REPRESENTAÇÃO DA SUPERFÍCIE TERRESTRE

 

  • Conhecer diferentes formas de representação da superfície terrestre
  1. Identificar diferentes formas de representação da superfície terrestre (mapas, globos, fotografias aéreas, imagens de satélite, ortofotomapas…), referindo as respetivas vantagens e desvantagens.
  2. Identificar formas de representação adequadas aos diferentes tipos de pesquisa a efetuar.
  3. Definir, de forma simplificada, sistemas de informação geográfica.
  4. Reconhecer a importância da utilização dos sistemas de informação geográfica na representação de diferentes fenómenos.

 

  • Compreender diferentes tipos de projeções cartográficas
  1. Definir projeção cartográfica.
  2. Identificar os principais tipos de projeção.
  3. Reconhecer as distorções introduzidas por cada uma das projeções.

 

  • Aplicar conhecimentos na elaboração de representações cartográficas do território
  1. Construir esboços cartográficos do lugar onde vive, de Portugal, da Europa e do mundo.
  2. Desenhar mapas mentais.

 

  • Compreender a diversidade de representações cartográficas
  1. Identificar os elementos fundamentais de um mapa – título, legenda, orientação, escala e fonte- descrevendo a informação fornecida por cada um desses elementos.
  2. Definir escala.
  3. Distinguir mapas com diferentes escalas com base na observação de diferentes tipos de representações cartográficas (planisférios, mapas corográficos, mapas topográficos, plantas), classificando-os em mapas de pequena e de grande escala.
  4. Relacionar as diferentes escalas com o grau de pormenor e a área representada.
  5. Distinguir mapas de base de mapas temáticos (físicos, políticos, demográficos, económicos…).
  6. Selecionar o mapa adequado em função do problema colocado.
  7. Utilizar as tecnologias de informação geográfica na representação da superfície terrestre. (Facultativo).

 

  • Aplicar o conhecimento de escalas no cálculo de distâncias reais
  1. Converter escalas numéricas em gráficas e vice-versa.
  2. Calcular a distância real a partir da distância no mapa.
  3. Calcular distâncias a partir de ferramentas informáticas (por exemplo, Google Earth) e/ou GPS. (Facultativo).

 

Nota:  A concretização dos descritores identificados como facultativos está dependente da disponibilidade de equipamentos e ferramentas informáticas na escola. 

 


 

|   Voltar à lista dos conteúdos do 7º ano – Geografia   |

 

You may also like...