Médias dos exames nacionais subiram

 

Saíram hoje as notas da 1ª fase dos exames nacionais. As notas melhoraram em praticamente todas as disciplinas.

 

As médias sobem até 3,3 valores em disciplinas como Biologia e Geologia, a prova que teve mais inscritos neste ano, ou Geografia A. Também Física e Química (mais 2,2 valores na média) e Matemática A (mais 1,8) têm resultados bastante superiores ao habitual nos anos anteriores. Apenas a Português a média tem uma variação mais próxima do que é habitual, crescendo 0,2 valores.

Esta melhoria dos resultados nos exames nacionais já era esperada, tendo em conta as regras especiais que foram implementadas este ano devido à pandemia de covid-19. Além disso, os estudantes tiveram que fazer menos provas, o que lhes permitiu concentrar os estudos nas matérias usadas para o ingresso no ensino superior.

 

Biologia e Geologia

A média da disciplina fixou-se em 14 valores. Isto significa um incremento de 3,3 valores face a 2019. Nos três anos anteriores, a nota desta disciplina esteve sempre entre 10 e 11 valores.

 

Física e Química

Em 2017, a média era de 9,9 valores. No ano passado foi de 11 e este ano, está 2,2 valores acima (13,2).

 

Filosofia

Média de 13, representa uma melhoria de 3,2 valores.

 

Geografia A

13,6 de média, 3,3 acima de 2019.

 

Matemática A

Média de 13,3 valores – mais 1,8 do que há um ano.

 

Português

Português é a única das que têm mais alunos inscritos a ter uma evolução modesta. A média subiu, este ano, de 11,8 para 12 valores. Em 2019, a subida tinha sido bem mais evidente (mais 0,8 valores).

 

Francês

A maior subida foi registada nesta disciplina, que passou dos 11,3 valores em 2019 para os 15,1 (mais 3,8 valores),

 

Alemão

Segunda maior subida, com média de 16,1 valores (mais 3,5).

 

Mandarim

A média mais elevada foi registada em Mandarim (iniciação), com os seis alunos que realizaram a prova a conseguirem uma classificação média em exame de 16,9 valores.

 

Inglês

Entre as disciplinas com um número de alunos superior a 2.500, foi a Inglês que os estudantes conseguiram a melhor classificação média, com 15 valores.

 

História A e História da Cultura das Artes

História A e História da Cultura das Artes voltaram a subir este ano, depois de em 2018 terem registado uma queda para valores negativos, registando agora uma média de 13,4 valores e 13,6 valores, respetivamente.

 

 

Em tendência oposta, as únicas descidas registaram-se nos resultados das provas de Geometria Descritiva A, cuja classificação média caiu em 2,3 valores, e em Matemática Aplicada às Ciências Sociais, que registou este ano a única classificação média negativa: 9,5 valores, menos 1,5 em relação a 2019.

 

 

As notas da 1.ª fase dos exames do ensino secundário são usadas pelos alunos no concurso nacional de acesso ao ensino superior, cujas candidaturas começam a ser feitas na próxima sexta-feira, prolongando-se até 23 de Agosto. Os resultados serão conhecidos a 28 de Setembro. Este ano, as provas contam apenas entre 35% e 50% para a média de acesso às universidades e politécnicos.

A 2.ª fase das provas nacionais do ensino secundário só acontece no início de Setembro.

 


MAIS NOTÍCIAS

 

#EstudoEmCasa – A telescola vai voltar neste ano letivo

Apesar do ano letivo arrancar com aulas presenciais, o Governo decidiu avançar com novos conteúdos a partir de outubro, desde o 1º ao 12º ano de escolaridade

0 comments

Que alunos terão de usar máscara durante as aulas?

Existem exceções previstas ao uso de máscara

0 comments

Quais os procedimentos em caso de suspeita de aluno infetado com covid-19?

As escolas já conhecem os procedimentos a adotar em casos suspeitos e confirmados de covid-19.

0 comments

 

 

Também te pode interessar…

Ajuda o nosso site colocando gosto na nossa página de Facebook!