Já há datas para a entrega dos vouchers para os Manuais Escolares gratuitos?

 

No dia 16 de junho de 2020 foi publicado o Despacho nº 6352/2020 com as alterações de procedimentos relacionados com os manuais gratuitos, nomeadamente nos prazos no que concerne ao carregamento de dados nas plataformas e ao circuito de reutilização.

 

Segundo o Despacho nº 6352/2020 da Secretaria Geral da Educação, as datas de início de emissão de vouchers para o próximo ano letivo são as seguintes:

 

3 de agosto:
› para os alunos de todos os anos de escolaridade de continuidade (2º, 3º, 4º, 6º, 8º, 9º, 11º, 12º anos)

13 de agosto:
› para os alunos dos restantes anos de escolaridade (1º, 5º, 7º e 10º anos)

 

 

NOTAS IMPORTANTES!

 

As datas poderão sofrer alterações!

A publicação do despacho foi realizada antes da suspensão da devolução dos manuais escolares. Isto poderá significar que as datas poderão sofrer novas alterações dado que, na data da publicação do despacho, esperava-se a recolha dos manuais para depois entregá-los aos alunos. O melhor é esperar nova comunicação do governo acerca deste assunto. Apesar disso, estas são as datas atualmente em vigor na lei, e já circulam emails de editoras para os professores sobre a emissão dos vouchers com base nas datas do despacho.

 

Está a circular nas redes sociais informação incorreta!

Está a circular nas redes sociais uma imagem com a calendarização das datas para a entrega dos vouchers, imagem essa que se refere à calendarização do ano passado. Essa imagem indica que a data de início de emissão de vouchers começa a 9 de julho e está a induzir muitas pessoas a erro.

 

 

Para quem ainda não está familiarizado com a questão dos vouchers:

A atribuição dos manuais escolares é feita através de um sistema de vouchers. Na conta de cada encarregado de educação, na plataforma MEGA – manuais escolares gratuitos, são disponibilizados vouchers (um para cada manual), que depois devem ser trocados pelos manuais escolares em qualquer papelaria aderente, no caso de serem atribuídos manuais novos, ou na escola do aluno, se forem atribuídos manuais usados.

O programa de gratuitidade e reutilização de manuais escolares não inclui os cadernos de atividades e de fichas, nem os restantes componentes dos chamados packs pedagógicos.

Aguarda-se informação oficial sobre o modo de procedimento para a aquisição dos livros do próximo ano letivo.


MAIS NOTÍCIAS

 

#EstudoEmCasa 2020/2021

Horário das emissões das aulas da nova telescola #EstudoEmCasa do ano letivo 2020/2021

0 comments

#EstudoEmCasa – A telescola vai voltar neste ano letivo

Apesar do ano letivo arrancar com aulas presenciais, o Governo decidiu avançar com novos conteúdos a partir de outubro, desde o 1º ao 12º ano de escolaridade

0 comments

Que alunos terão de usar máscara durante as aulas?

Existem exceções previstas ao uso de máscara

0 comments

 

Também te pode interessar…

Ajuda o nosso site colocando gosto na nossa página de Facebook!