Biologia e Geologia 10º ano | A Biosfera

BIOLOGIA | 10º ANO

 


RESUMO DA MATÉRIA

POWERPOINTS

VÍDEOS

EXERCÍCIOS

METAS CURRICULARES


 

A BIOSFERA

 

 

1. A BIOSFERA

Entende-se por Biosfera o conjunto de todas as zonas do planeta Terra, onde é possível encontrar formas de vida. Esta abrange parte da crusta (Geosfera), da atmosfera e da hidrosfera, o que se traduz numa localização desde os 11 000 m abaixo do nível do mar, até aos 9 000 m acima desse nível.

 

1.1 Diversidade

A vida na Terra pode assumir várias formas, desde as mais simples bactérias, passando pelos fungos, até aos mais complexos mamíferos ou plantas de grande porte, as diferenças são evidentes. Há, no entanto, algo comum a todas as formas biológicas: todas, sem exceção, são constituídas por células.

A Biodiversidade pode ser analisada sob três perspetivas diferentes:

  • Diversidade genética – refere-se ao facto de cada indivíduo, ainda que da mesma espécie, ser geneticamente diferente dos outros, ou seja refere-se à variabilidade dentro da própria espécie;
  • Diversidade de espécies – refere-se à riqueza de espécies de seres vivos que se podem encontram à escala local, regional ou global;
  • Diversidade ecológica – refere-se à diversidade de comunidades nos diferentes ecossistemas.

 

1.2 Organização

Os seres vivos estabelecem relações indissociáveis entre si (componente biótica) e com o ambiente físico em que se encontram (componente abiótica – água, luz, temperatura, solo, etc.), interagindo mutuamente. Esta relação entre fatores bióticos e abióticos, que ocorre num determinado meio, constitui um Ecossistema. Num ecossistema há um perfeito equilíbrio entre os referidos fatores, com vista a um objetivo e com base numa troca de matéria e energia. Os ecossistemas podem ser mais ou menos complexos, como por exemplo, uma floresta tropical, ou uma simples gota de água com presença de microrganismos.

Ao local onde os organismos de um Ecossistema vivem dá-se o nome de Biótopo. O conjunto de seres vivos, de diferentes espécies, que existem num determinado ecossistema designa-se comunidade, por outro lado designa-se população ao conjunto de seres vivos da mesma espécie que vivem numa determinada comunidade. Define-se como espécie o conjunto de seres vivos com características semelhantes, que se possam reproduzir entre si e originar descendência fértil.

Das várias relações que se estabelecem entre os seres vivos, as mais evidentes são as relações tróficas ou alimentares. Estas podem ser representadas sob a forma de cadeias alimentares, que integram conjuntos mais amplos e complexos, constituindo as redes ou teias alimentares.

Os decompositores atuam ao longo de todos os níveis tróficos da cadeia alimentar transformando matéria orgânica (cadáveres, fezes, etc.), em matéria inorgânica, assegurando desta forma a devolução dos minerais ao meio ambiente. São exemplos de decompositores os fungos e um grande número de bactérias.

 

1.3 Extinção e conservação

O desequilíbrio causado a um Ecossistema, que coloque em causa a perfeita harmonia entre os fatores bióticos e abióticos e a as trocas de energia e de matéria que ocorrem entre estes, pode levar à extinção de espécies ou à destruição do próprio Ecossistema.

Ao longo da história da vida na Terra, um sem-número de espécies terão surgido, evoluído e ter-se-ão adaptado às alterações do meio, no entanto, outras tantas terão sido extintas. Atualmente, a interferência humana nesse ciclo natural, através da sobre exploração (pesca e caça intensivas), agricultura intensiva, excesso de urbanização, poluição e desflorestação, entre outros, acelera cada vez mais o processo de extinção.

No sentido de inverter essa tendência, nas últimas décadas, foram criadas áreas protegidas (Parques Nacionais, Parques e Reservas Naturais, Áreas de Paisagens Protegidas e Sítios Classificados) em alguns ecossistemas privilegiados. Desta forma evita-se a sobre-exploração de recursos naturais e a intervenção humana está condicionada e sujeita a regulamentos específicos.

voltar ao topo


 

Revê aqui a matéria/resumo/síntese de Biologia e Geologia:

voltar ao topo


 

VÍDEOS

Para navegar entre os vários vídeos clicar na parte superior direita do player.

(podem sugerir mais vídeos enviando link na caixa de comentários no final deste post)

voltar ao topo


 

EXERCÍCIOS

Em breve

voltar ao topo


 

O que tens de saber neste capítulo, segundo o programa de Biologia e Geologia – 10º ano:

 

BIOLOGIA

MÓDULO INICIAL – DIVERSIDADE NA BIOSFERA

SUBDOMÍNIO 1: A BIOSFERA

 

  • Recordar e/ou enfatizar:
    • O conceito de Biosfera.
    • A diversidade biológica num ecossistema.
    • Os níveis de organização biológica, de modo a permitir reconhecer que o mundo vivo se apresenta hierarquicamente estruturado.
    • A importância da conservação das espécies e as causas de extinção.

 

  • Palavras-chave:
    • Biosfera
    • Ecossistema
    • Comunidade
    • População
    • Espécie
    • Organismo
    • Sistema de órgãos
    • Órgão/Tecido
    • Seres unicelulares/multicelulares
    • Diversidade
    • Extinção
    • Conservação

voltar ao topo


 

Documentos curriculares de referência em vigor

 


 

Todos os capítulos do programa de Biologia e Geologia – 10º ano:

 

BIOLOGIA

GEOLOGIA

  • TEMA I – A GEOLOGIA, OS GEÓLOGOS E OS SEUS MÉTODOS
    • A Terra e os seus subsistemas em interação
    • As rochas, arquivos que relatam a história da Terra
    • A medida do tempo e a idade da Terra
    • A Terra, um planeta em mudança
  • TEMA II – A TERRA, UM PLANETA MUITO ESPECIAL
    • Formação do Sistema Solar
    • A Terra e os planetas telúricos
    • A Terra, um planeta único a proteger
  • TEMA III – COMPREENDER A ESTRUTURA E A DINÂMICA DA GEOSFERA
    • Métodos de estudo para o interior da Geosfera
    • Vulcanologia
    • Sismologia
    • Estrutura interna da geosfera

voltar ao topo


 

Também te pode interessar…