Há vida em Marte?

 

Ontem foi anunciado que foram descobertos sinais de água líquida no nosso planeta vizinho. Uma “simples” descoberta que veio reforçar a dúvida sobre outra questão bem mais relevante: há vida em Marte?

Parece que a partir de agora a abordagem relativamente a esta questão irá mudar completamente. Se era quase certo que no nosso pequeno Sistema Solar o planeta Terra era o único com condições para existir vida, essa quase certeza deixou de existir pois a probabilidade de encontrar organismos vivos no planeta vermelho aumentou consideravelmente.

Sirvo-me desta descoberta para me questionar: quando é que será descoberta a “água” no nosso sistema educativo que me fará questionar se existe “vida” na Escola Pública. Quando é que se descobre algo que me faça acreditar num ensino mais justo, mais eficaz, mais prazeroso e para TODOS!

Vejo programas e metas totalmente desajustados ao nível cognitivo das crianças, que cedo se fartam da escola. A escola deixou de ser um local de aprendizagem para ser um local de avaliação. Ai dos pais que não ponham os seus filhos em centros de explicações! Ai dos professores que se queixem aos pais do comportamento dos seus filhos. Ai dos alunos que tenham dúvidas e curiosidades sobre algo que não está nos programas. Ai, ai, ai… Tantos mais ais poderia colocar aqui… Mas seria uma lista tão extensa que vou cingir-me ao essencial do que pretendo transmitir: todos sabem que a Escola Pública piorou a olhos vistos a vários níveis nos últimos anos e eu cá me questiono, que mudança poderá haver que irá deixar-me mais otimista… É que de momento, não vejo “água à vista”!

 

Luis Carrilho

 

 

|   Mais artigos   |

 

You may also like...