Ciências Naturais 7º | Condições da Terra que permitem a existência de vida

CONDIÇÕES DA TERRA QUE PERMITEM A EXISTÊNCIA DE VIDA

 

Localização da Terra

O planeta Terra pertence ao Sistema Solar que se encontra na galáxia Via Láctea.

 

 Constituição do Sistema Solar

O Sistema Solar é constituído por:

– uma estrela: o Sol

planetas principais: Mercúrio, Vénus, Terra, Marte, Júpiter, Saturno, Urano e Neptuno

planetas secundários, luas ou satélites naturais: por exemplo a Lua que gira à volta da Terra

planetas anões: por exemplo Plutão

cometas

asteróides

meteoróides

gases e poeiras

 

 

 

Evolução da Terra

Transformações das condições ambientais do planeta

As condições do planeta Terra sofreram grandes transformações desde o seu início:

– diminuição da atividade vulcânica

– arrefecimento e solidificação da camada superficial

– formação de oceanos

– alterações na composição da atmosfera

 

A evolução das condições ambientais permitiram o surgimento da vida no planeta:

1. Formação da Terra. Superfície coberta de lavas devido à intensa atividade vulcânica.

2. Arrefecimento e solidificação da superfície terrestre. A água das chuvas origina os mares primitivos onde se forma matéria orgânica.

3. Redução da atividade vulcânica. Surgimento dos primeiros seres vivos.

4. Evolução da vida nos oceanos. Surgem os primeiros seres vivos que realizam a fotossíntese.

5. Formação da camada de ozono e a atmosfera passa a ter uma composição semelhante à da atualidade, o que permitiu o aparecimento de seres vivos terrestres.

6. A vida evolui e diversifica-se até à atualidade.

 

Condições da  Terra que permitem a existência de vida

massa adequada: permite ter força de gravidade para reter gases e assim possuir atmosfera que protege os seres vivos, permite a respiração e ainda retém o calor do Sol

distância ao Sol: permite a existência de uma temperatura moderada que faz com que exista água no estado líquido, fundamental para a existência de vida

 

 

 

Biodiversidade

As condições atuais da Terra permitem a existência de uma grande biodiversidade, ou seja, de uma grande variedade de seres vivos.

 

Unidade básica dos seres vivos – a célula

Apesar da sua diversidade, os seres vivos apresentam uma característica comum: têm todos como unidade básica a célula.

Existem seres vivos constituídos por apenas uma célula – seres unicelulares – e seres constituídos por várias células – seres pluricelulares.

 

Organização das células

As células podem ser:

procarióticas: não apresentam núcleo definido e pertencem unicamente a organismos unicelulares

eucarióticas (animais ou vegetais): apresentam um verdadeiro núcleo e uma maior complexidade ao nível dos organitos presentes

 

Níveis de organização dos seres vivos

Num ser vivo pluricelular é possível distinguir vários níveis de organização:

célula: unidade básica dos seres vivos

tecidos: conjunto de células

órgãos: conjunto de tecidos

sistemas: conjunto de órgãos

organismo: conjunto de todos os sistemas do ser vivo

 

|   Exercícios   |   Próxima matéria   |

 

Fonte: Terra CN - Ciências Naturais 7.º Ano, Texto editora (2012)

 

You may also like...